Twitter
Google plus
Facebook
Vimeo
Pinterest

Fluid Edge Themes

ANALISAMOS E SIMPLIFICAMOS. ASSIM, SOMOS MAIS EFICIENTES NA SOLUÇÃO DE PROBLEMAS E SUA EMPRESA MAIS ÁGIL NA TOMADA DE DECISÕES.

POR QUE NOSSOS CLIENTES NOS ESCOLHEM?

Ética está na nossa alma

No nosso modo de agir, em nossos relacionamentos profissionais, em nosso cotidiano. Nosso código de ética não é para “inglês ver”. Acreditamos em uma advocacia ética e na ética como instrumento de reconstrução de pessoas, organizações e de nossa sociedade.

Atribuímos importância absoluta à entrega, ao resultado

Sabemos que somos, antes de tudo, solucionadores de problemas. Mas, sobretudo, queremos nos antecipar, alertar, corrigir rotas, planejar. Somos agentes de mudança.

Sem vivência, o Direito, para nós, não faz sentido

Não aderimos ao debate puramente acadêmico. Vamos direto ao ponto, com insights e abordagens práticas. Temos o Direito como instrumento de estratégia de negócios. Esse é o nosso verdadeiro norte.

Cada um na sua? Não para nós

Também somos empresários e, por isso, sentimos, entendemos e compartilhamos as mesmas dores e as preocupações de cada um de nossos clientes, conhecendo seus negócios, suas particularidades e necessidades. Acreditamos e verdadeiramente

Não cultivamos egos

A arrogância não faz parte de nossas vidas. Propomo-nos a construir relacionamentos com simplicidade, humildade, empatia e, sobretudo, transparência.

m

Gestão está em nosso DNA

Estudamos e aplicamos tudo o que há de mais moderno nesse sentido. Somos apaixonados por inovação e tecnologia e isso faz com que nosso olhar e nossa prática sejam focados na eficiência e na qualidade em absolutamente tudo o que fazemos.

Não aceitamos a mesmice, ou o 'sempre fiz assim'

Tudo, exatamente tudo, pode ser desafiado, recriado, aperfeiçoado. Incentivamos a autonomia criativa de nossa equipe. Imobilismo? Não aqui. Acreditamos, também, na capacidade de colaboração. Agimos sempre em cooperação. Somos um time.

ÁREAS EM QUE SOMOS ESPECIALISTAS

NOSSOS INSIGHTS

Nossa abordagem jurídica aplicada ao desenvolvimento de negócios

  •   No mês de outubro foi publicado o Decreto nº 10.060/2019, que trata da regulamentação do trabalho temporário. O objetivo dessa nova norma é atualizar e esclarecer alguns pontos da Lei nº 6.019/74, que também dispõe sobre essa modalidade de trabalho. Com base na legislação, o contrato temporário não precisa, necessariamente, de um mínimo de prazo, mas sua duração máxima é de até 180 dias, permitida a prorrogação, uma única vez, por até 90 dias corridos. O citado decreto esclarece que esse prazo é contado independentemente da prestação em dias consecutivos, razão

  •   A Deliberação Normativa (DN) nº 234, do Conselho Estadual de Política Ambiental (COPAM), publicada em agosto desse ano no Diário Executivo de Minas Gerais, trata do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) Ecológico.  O texto define novas regras de aplicação do fator de qualidade referente às unidades de conservação e áreas de reserva indígena, para fins de recebimento desse tributo pelos municípios. Até então a regulamentação sobre o tema se restringia à Lei n°18.030, de 12 de janeiro de 2019. O ICMS ecológico tem como finalidade influenciar no processo

  •   Foi publicada nesta quinta-feira, 17, no DOU, a MP 899/19, que estabelece regras e acordos entre a União e devedores para que dívidas tributárias sejam quitadas, regulamentando o artigo 171 do Código Tributário Nacional, que trata da “transação tributária”. A Medida Provisória, que foi batizada pelo governo como “MP do Contribuinte Legal”, visa estimular a resolução de conflitos fiscais, tanto no âmbito administrativo quando no âmbito judicial, e em relação a débitos inscritos em dívida ativa, ainda que não judicializados. Mais adiante, por força de regulamentação própria, serão tratados os processos de

  •   A Medida Provisória 881/19, conhecida como MP da Liberdade Econômica, na última semana convertida na Lei 13.874/2019, pretende eliminar ou simplificar a burocracia para o melhor funcionamento das empresas e do ambiente de negócios. Além disso, a nova legislação objetiva tirar o país da crise financeira e contribuir para que suba de posição no ranking da Liberdade Econômica Internacional. Em relação à liberdade contratual, a lei traz mudanças no Código Civil brasileiro. As alterações pretendem gerar mais segurança jurídica, buscando reduzir ações judiciais relacionadas às cláusulas contratuais em geral. Da mesma

NOSSA GENTE

Nossa equipe de especialistas