Twitter
Google plus
Facebook
Vimeo
Pinterest

Fluid Edge Themes

ANALISAMOS E SIMPLIFICAMOS. ASSIM, SOMOS MAIS EFICIENTES NA SOLUÇÃO DE PROBLEMAS E SUA EMPRESA MAIS ÁGIL NA TOMADA DE DECISÕES.

POR QUE NOSSOS CLIENTES NOS ESCOLHEM?

Ética está na nossa alma

No nosso modo de agir, em nossos relacionamentos profissionais, em nosso cotidiano. Nosso código de ética não é para “inglês ver”. Acreditamos em uma advocacia ética e na ética como instrumento de reconstrução de pessoas, organizações e de nossa sociedade.

Atribuímos importância absoluta à entrega, ao resultado

Sabemos que somos, antes de tudo, solucionadores de problemas. Mas, sobretudo, queremos nos antecipar, alertar, corrigir rotas, planejar. Somos agentes de mudança.

Sem vivência, o Direito, para nós, não faz sentido

Não aderimos ao debate puramente acadêmico. Vamos direto ao ponto, com insights e abordagens práticas. Temos o Direito como instrumento de estratégia de negócios. Esse é o nosso verdadeiro norte.

Cada um na sua? Não para nós

Também somos empresários e, por isso, sentimos, entendemos e compartilhamos as mesmas dores e as preocupações de cada um de nossos clientes, conhecendo seus negócios, suas particularidades e necessidades. Acreditamos e verdadeiramente

Não cultivamos egos

A arrogância não faz parte de nossas vidas. Propomo-nos a construir relacionamentos com simplicidade, humildade, empatia e, sobretudo, transparência.

m

Gestão está em nosso DNA

Estudamos e aplicamos tudo o que há de mais moderno nesse sentido. Somos apaixonados por inovação e tecnologia e isso faz com que nosso olhar e nossa prática sejam focados na eficiência e na qualidade em absolutamente tudo o que fazemos.

Não aceitamos a mesmice, ou o 'sempre fiz assim'

Tudo, exatamente tudo, pode ser desafiado, recriado, aperfeiçoado. Incentivamos a autonomia criativa de nossa equipe. Imobilismo? Não aqui. Acreditamos, também, na capacidade de colaboração. Agimos sempre em cooperação. Somos um time.

ÁREAS EM QUE SOMOS ESPECIALISTAS

NOSSOS INSIGHTS

Nossa abordagem jurídica aplicada ao desenvolvimento de negócios

  •   Opinião | O mundo vive uma transformação em todos os sentidos e, com isso, a visão de negócios também está mudando. Exemplo disso é o comunicado feito, há menos de um mês, pelos líderes das principais empresas que compõem a Business Roundtable, associação que reúne as maiores companhias dos Estados Unidos. O manifesto assinado por 181 CEOs muda radicalmente a visão sobre os propósitos de suas corporações, quebrando a política mantida há mais de 20 anos, que focava na maximização dos lucros dos acionistas, acima de tudo. Pelo documento, fica

  •   Opinião |  O contrato de trabalho intermitente, instituído pela Lei 13.467/2017, conhecida como reforma trabalhista, trata-se da modalidade de labor em que há assinatura da carteira de trabalho e, obrigatoriamente, ajuste mediante contrato escrito. Nele, a prestação de serviços é descontínua, ou seja, sendo imprescindível períodos de inatividade. Assim, o exercício das atividades pelo empregado está condicionada à convocação por parte do empregador, que deverá efetuá-la com, pelo menos, três dias de antecedência. O empregado, por outro lado, terá um dia útil para responder e poderá, até mesmo, recusar a

  •   Opinião | Artigo de Aldemir Pereira Nogueira,coordenador das áreas Cível e de Relações do Trabalho e Consumo, publicado em 23/8/2019 no jornal Estado de Minas    O governo federal anunciou, no final de julho, a revogação da Norma Regulamentadora de nº 2 e alterou as de nº 1 e 12, do Ministério do Trabalho e Emprego, relativas à segurança e saúde do trabalho. A NR nº 2 exigia que todo estabelecimento novo, antes de iniciar suas atividades, deveria solicitar aprovação de suas instalações ao órgão regional do Ministério do Trabalho. Contudo, a determinação

  •     Opinião | Artigo de Acyene Araújo, advogada da área de Relações de Trabalho e Consumo, publicado em 19/8/2019 no jornal Correio Braziliense   No início de maio, o Governo do Distrito Federal (GDF) sancionou a Lei Distrital n°6.297/2019, que amplia o prazo para comerciantes e ambulantes substituírem copos e canudos de plástico, por materiais biodegradáveis, feitos, por exemplo, de amido e fibras de origem vegetal. Com a publicação dessa legislação, foi estabelecido o período de 18 meses para os comerciantes se adequarem às novas regras. O texto anterior, da Lei n°6.266/2019, foi alterado

NOSSA GENTE

Nossa equipe de especialistas

Rodrigo Macedo

Diretor e Coordenador

Bianca-Andrade

Coordenadora

Elis Christina Pinto

Gestora e Coordenadora

Sthephane Karoline Teodoro

Gerente Administrativo-Financeira